Diamante ou Brilhante? Qual a diferença?

Diamante ou Brilhante? Qual a diferença?

Se você está pensando em comprar uma joia é bem provável que já tenha ouvido o termo “brilhante” algumas vezes, correto? Mas afinal, o brilhante é o mesmo que o diamante?

“É diamante ou brilhante?!” Não confunda mais!

Popularmente os termos “diamante” e “brilhante” são utilizados como sinônimos, mas isso não é algo totalmente correto: “Diamante” é o nome dado à pedra preciosa, enquanto que “Brilhante” é somente um dos tipos de lapidação do diamante. Por isso, podemos dizer que…

diamante-brilhante

O diamante pode ter vários outros tipos de lapidação: navete, gota, princess, oval, coração, etc.

A lapidação

Ao contrário do que muitos imaginam, os diamantes não são encontrados na natureza da forma que nós vemos em joalherias!

Na natureza, encontra-se o diamante bruto, que por leigos pode até mesmo ser confundido com um pedaço de vidro! Em joias, como anéis de noivado, o diamante passa por um processo de lapidação feito através do trabalho humano.

Note na imagem abaixo a diferença entre a gema bruta e lapidada. O grande desafio do lapidador é acentuar o brilho da pedra ao máximo através da criação de facetas geometricamente posicionadas. E vamos combinar que lapidadores são verdadeiros artistas, né? Veja a diferença!

diamantebruto

Por isso, num modo bem simplificado, lapidação seria uma espécie de “corte” da pedra. É o processo que define seu formato.

A lapidação do diamante pode ser feita de várias formas! Veja abaixo alguns tipo de lapidação:

tipos-de-lapidacao-022

A lapidação brilhante e suas 58 facetas:

A lapidação brilhante tem formato redondo em sua parte superior e possui 58 facetas! São justamente essas facetas que acentuam o brilho e a beleza do diamante! Não por acaso, essa lapidação ficou muito famosa por ser um dos tipos de corte que mais valoriza a pedra! Sem dúvidas, a lapidação brilhante é a preferida quando o assunto é anel de noivado!

Veja abaixo (clique na imagem para obter detalhes do produto)

anel-solitario-9065-3 anel-noivado-solitario-diamante-2-9060

Um outro erro bastante comum é achar que qualquer diamante de formato arredondado seja um brilhante. Existem diamantes redondos que tem bem menos facetas e isso resulta em diamantes com brilho bem reduzido. Esse é o caso da lapidação popularmente conhecida como 8/8 (oito oito).

Veja na imagem abaixo a diferença entre o número de facetas de um brilhante e de um oito oito:

diamante brilhante x oito oito

O número de facetas influencia diretamente nas características ópticas da pedra, as quais são responsáveis pela reflexão da luz e pelo brilho da gema! Em outras palavras, a lapidação brilhante, em razão do maior número de facetas, evidencia o brilho do diamante.

Como já explicamos em outras matérias, os diamantes são classificados pelo sistema 4c: Clarity, Color, Cut, Carat.

4C-final

A lapidação (“cut”) é justamente um dos itens avaliados para definir a qualidade e o valor do diamante: Quanto melhor a lapidação, maior será o aproveitamento e brilho da pedra através da simetria das facetas. Pode-se então dizer que, por terem lapidação superior, os brilhantes são mais caros que os diamantes 8/8.

Para baratear os custos, algumas joalherias utilizam diamantes 8/8. Por isso, sempre pesquise bastante antes de adquirir sua joia Muitas vezes, a diferença de preços entre joias parecidas pode estar justamente na qualidade dos diamantes!

Nós da Reisman só trabalhamos com diamantes redondos na lapidação brilhante para garantir o máximo de brilho as nossas joias!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.